quinta-feira, 25 de março de 2010

O redescobrimento da espiritualidade no mundo do trabalho

NÃO SOIS MÁQUINAS, HOMENS É QUE SOIS


o redescobrimento da espiritualidade no mundo do trabalho
http://www.ibab.com.br/segundaopiniao/content-01.html



A Inteligência Universal

Em seu livro A Teia da Vida - Uma Nova Compreensão dos Sistemas Vivos, o físico Fritjof Capra mostra, com base em farta documentação, que a natureza é de fato inteligente - algo que os místicos de séculos atrás já sabiam

Capra, Fritjof, A Teia da Vida

É importante ressaltar que embora "A Teia da Vida" tenha sido escrito em 1996 apresenta um notável suporte a uma teoria lançada em 2003 por James Gardner em seu livro "Biocosm" e reforçada em 2007 com o livro "The Intelligent Universe". As resenhas destes livros podem ser vistas na seção de Resenhas:Livros


+ Informações:

livro de Fritjof Capra, A Teia da Vida, (The web of life), propõe a visão de uma interligação ecológica de todos os eventos que ocorrem na Terra e da qual ...      pt.wikipedia.org/wiki/A_teia_da_vida




A Economia Espiritual resolve os Problemas Atuais do

Capitalismo?



Por Amit Goswami (tradução da FORMA Informática)   
Primeiro artigo de uma trilogia que examina a aparente emergência de uma nova visão de mundo, que difere da visão científica dominante, envolvendo um novo patamar de consciência. Será que o capitalismo pode acomodar este novo nível de consciência ou estamos diante de uma Nova Ordem Mundial?
http://www.formainformatica.com.br/templates/forma/images/spacer.gif

Por Amit Goswami (tradução da FORMA Informática)   
Neste artigo Amit Goswami examina alguns dos efeitos perniciosos do capitalismo moderno, incluindo a degradação ambiental, danos psíquicos, maior concentração de renda etc. Ele explora como o planeta pode se mover do sistema materialista atual para uma "economia sutil" mais sustentável e positiva, e sugere algumas métricas através das quais este movimento poderia ser medido.
http://www.formainformatica.com.br/templates/forma/images/spacer.gif

Por Lance Secretan   
Por que será que vem surgindo um interesse crescente no tema "Liderança Consciente"? Uma das principais razões advém das transformações que vêm ocorrendo em relação às nossas expectativas sobre os líderes e o processo de liderança.
http://www.formainformatica.com.br/templates/forma/images/spacer.gif

Por Amit Goswami (tradução da FORMA Informática)   
Na conclusão da trilogia sobre a Economia Espiritual, Amit Goswami examina as perspectivas para a evolução espiritual e do nível de consciência dentro do paradigma econômico capitalista dominante. Na transição da Economia Capitalista para a Economia Espiritual deve-se buscar uma maior produtividade de bens "não materiais", envolvendo maior processamento de significado.
http://www.formainformatica.com.br/templates/forma/images/spacer.gif

Por Clayton Christensen   
A Inovação voltou a ser uma questão muito debatida na alta administração, pois cada vez mais se reconhece que a eficácia operacional, por si só, é incapaz de proporcionar os resultados que os acionistas hoje exigem. Mas estudos mostram que é mais fácil falar sobre Inovação do que praticá-la! O autor sugere três perguntas que qualquer executivo que queira avaliar a capacidade inovadora da sua empresa deveria fazer.
http://www.formainformatica.com.br/templates/forma/images/spacer.gif

Por Matthenw Brown   
A Comunicação Não Violenta foi desenvolvida pelo psicólogo Marshall Rosenberg e propõe o uso de uma linguagem baseada em 4 princípios: expor os fatos de uma situação sem julgamento, reconhecer os sentimentos implícitos, identificar as necessidades humanas que estão ou não sendo atendidas e apontar as ações a  serem executadas para atende-las. A intenção é criar uma linguagem com mais sentido de igualdade, sem relação de poder, gerando uma empatia verdadeira.
http://www.formainformatica.com.br/templates/forma/images/spacer.gif

Por Marshall B. Rosenberg   
Este artigo corresponde ao primeiro capítulo do livro "Comunicação Não Violenta", de Marshall Rosenberg, o qual apresenta a CNV como um processo de comunicação baseado em habilidades de linguagem que fortalecem a capacidade das pessoas continuarem a ser humanas, mesmo em condições adversas, ajudando a reformular a maneira pela qual elas se expressam e ouvem os outros.
http://www.formainformatica.com.br/templates/forma/images/spacer.gif

Por Ronald Fry   
Desenvolver a competência afirmativa de uma organização, ou seja, valorizar seus aspectos positivos, em vez de apostar todas as fichas na investigação dos problemas, é a receita da Investigação Apreciativa, uma abordagem para a análise organizacional que propõe a descoberta, a compreensão e a promoção de inovações nos acordos e processos sociais. Refere-se tanto à pesquisa como a uma teoria de ações coletivas intencionais, que se destinam a promover a evolução da capacidade cooperativa de um par, grupo, organização ou sociedade como um todo.

Inovação e Criatividade / Inteligência Espiritual

Wikipédia em Português:

Inovação e Criatividade
·         Domenico De Masi
·         Ócio criativo
Inteligência Espiritual
·         Epigénese
·         Neuroteologia



Inteligência espiritual cativa os brasileiros

Em passagem ao Brasil, Amit Goswami atraiu consultores, empresários, executivos interessados na combinação de ciência e espiritualidade defendida pelo físico indiano
Mirna Grzich

Ainda pouco conhecido da grande massa, o tema inteligência espiritual atraiu algumas centenas de brasileiros nas últimas semanas de agosto. Em sua passagem pelo Brasil, descrita como “furacão zen” por uma coluna social, o indiano Amit Goswami cativou consultores, empresários, executivos e público em geral, interessados na combinação de ciência e espiritualidade. Ou melhor, na forma como a ciência descreve nossa relação com a vida e com o mundo. Quem assistiu às palestras de Goswami garante que os R$ 360 pagos no ingresso valeram (e muito) a pena.

Houve duas palestras sobre a existência de Deus – nas livrarias Cultura e Disal, na capital paulista, com 300 pessoas cada uma, e uma palestra na Amcham (Câmara Americana de Comércio), com o tema Economia Espiritual. E muitos outros encontros, para médicos, numa Universidade no interior de São Paulo, palestras na UniPaz de Brasília e também no Recife.

No último dia da visita, o professor Goswami indicou quais são as sete perguntas mais formuladas pelo ser humano:
1-     O que é Deus?
2-     Temos livre arbítrio?
3-     Há uma alma? Corpos sutis?
4-     O que é criatividade e como produzir de maneira criativa?
5-     É verdade que nossa saúde depende de como tratamos nosso corpo sutil?
6-     E a reencarnação? Acontece mesmo?
7-     Onde a evolução está nos levando?

As sete questões são, como diz o professor indiano, “coroadas com uma pergunta que soa infantil” mas de longe a mais perguntada: “O que acontece quando morremos?”

 O mais incrível é como Goswami responde a essas perguntas. Veja nos tópicos abaixo.




ENTREVISTA
Inteligência espiritual
Nem só razão, nem só emoção. Para o indiano Amit Goswami, a base da criatividade é a inteligência que se baseia nas percepções sutis e na intuição
por Mirna Grzich
ESPECIAIS


















O indiano Amit Goswami costuma dizer que todos nós temos dois lados. Um é o lado Isaac Newton - aquele
que quer entender tudo em termos objetivos, matemáticos. Outro é o que ele chama, numa referência ao poeta
 inglês, de William Blake, mais sutil, que vê o mundo a partir de uma percepção intuitiva. Para ele, é na
confluência desses dois lados que está a raiz da criatividade. "Quase 100 anos de pesquisas sobre criatividade
mostram que os cientistas também dependem da intuição. Nem tudo é racional, matemático", escreveu em O
Universo Autoconsciente , publicado no Brasil pela Editora Aleph. Goswami sabe do que está falando. Ph.D.
em física nuclear, até os 45 anos de idade estava mais para Newton do que para Blake. 


Era ateu convicto. Até que despertou para uma outra maneira de ver o mundo, ao perceber que era impossível
 realizar medições quânticas usando somente a inteligência racional e que a visão dos espiritualistas sobre o 
mundo era a mais acertada para entender a física quântica. Começou, então, a estudar as relações entre razão 
e intuição. Hoje, professor emérito no Instituto de Física da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos, é 
um físico respeitado e especialista sobre essa nova ciência - do estudo da consciência dentro da ciência - que permite integrar o lado objetivo ao lado sutil: a inteligência espiritual.



Goswami já foi ateu e hoje estuda ciência e espiritualidade: "Ao dar valor à consciência, apreendemos não só as experiências materiais e sensoriais, mas também o que sentimos e intuímos"


Inteligência espiritual ?

É um tipo de inteligência que se liga muito intimamente a inteligência emocional e passou nos últimos dez anos a ocupar lugar de destaque na avaliação dos perfis de alguns profissionais.

Por Ricardo Melo 

Referências bibliográficas:
Com sua estimulante nova série de Exercícios Cerebrais, Mapas Mentais e práticas específicas, 'O Poder 
da Inteligência Espiritual' leva o leitor a aprender com alguns dos grandes mestres espirituais de todos os
 tempos, de Buda a Maomé, como também com alguns líderes espirituais dos nossos dias, como o Dalai 
Lama. Elaborando o Mapa Mental, você pode realmente chegar ao que há de melhor em você e - 
Relacionar-se mais profundamente com o mundo ao seu redor e formar uma visão globalizada; Aprender 
 verdadeiramente a conhecer a si mesmo e aos outros; Desenvolver uma atitude compassiva; Conhecer 
alguns grandes líderes e pensadores espirituais da história e compreender os seus princípios; descobrir 
modos de revitalizar a sua alma diariamente e aumentar a sua energia; Usar o seu senso de humor natural 
para desenvolver ainda mais a sua espiritualidade.



BUZAN, TONY
Tony Buzan is the author of ''Use Both Sides of Your Brain,'' ''Use Your Head'' and ''The Mind Map 
Book''. He lectures all over the world and his work has been published in 50 countries and 20 languages.
 He also advises multi-national companies, governments, leading businesses, and international Olympic
 athletes.

Escrito pela física e filósofa Danah Zohar e pelo psiquiatra e terapeuta Ian Marshall, este livro não só 
apresenta as últimas descobertas científicas que comprovam a existência e a importância do QS - a
 inteligência espiritual - mas também mostra como avaliá-lo e, principalmente, como desenvolvê-lo, para alcançar uma vida mais bem-sucedida e feliz.

INTELIGENCIA ESPIRITUAL - ESPIRITUALIDADE NAS  ORGANIZAÇOES  (em Portugues)   (2005)
ARRUDA, VITORIO CESAR MURA DE
IBRASA
Está surgindo uma nova espécie de inteligência, diferente das conhecidas - 'A Inteligência Espiritual'. A busca pelo autoconhecimento, evolução e equilíbrio do homem moderno, provocou a necessidade dessas questões e tem sido motivo de vários debates na sociedade moderna. Cada vez mais , empresários e executivos brasileiros estão incorporando a religião e, de forma mais abrangente, a espiritualidade como forma de gestão, ao mundo coorporativo. O empresário deve conduzir seu negócio com ética, respeito ao público, interno e externo, exercer uma sadia atividade política, ser solidário, mais consciente das desigualdades de nosso país e ter uma visão administrativa mais holística.

BUDA A HISTORIA DE UM ILUMINADO
DEEPAK CHOPRA 


ISBN: 9788599296172
Editora: SEXTANTE
Número de páginas: 256
Encadernação: Brochura
Edição: 2007
Buda: A História de um Iluminado
Deepak Chopra
"Escrevi este livro para ser uma espécie de jornada sagrada, ficcional em muitos aspectos, mas 
fiel em termos psicológicos ao que parece ser o caminho de alguém que busca a espiritualidade. 
Buda foi um mortal, como eu e você, e ainda assim alcançou a iluminação e atingiu o nível de 
um imortal. O milagre é que chegou lá seguindo o próprio coração, tão humano quanto o seu e
 o meu, e igualmente vulnerável."
DEEPAK CHOPRA

http://www.formainformatica.com.br/templates/forma/images/spacer.gif

2 comentários:

Claudio disse...

Lista das mensagens enviadas por e-mail:

9 de março de 2009 14:04 - A Teia da Vida - Uma Nova Compreensão dos Sistemas Vivos

26 de junho de 2008 11:57 - A Economia Espiritual resolve os Problemas Atuais do Capitalismo?

27 de março de 2008 22:24 - Inovação e Criatividade / Inteligência Espiritual

12 de fevereiro de 2008 13:02 - Inteligência espiritual cativa os brasileiros

24 de janeiro de 2008 12:19 - Inteligência espiritual ?

20 de janeiro de 2008 - BUDA A HISTORIA DE UM ILUMINADO

14 de janeiro de 2008 - Bem estar como modo de vida

15 de maio de 2007 - Sabedoria corporativa

Claudio disse...

DEEPAK CHOPRA, fundador do Centro de Bem-Estar Chopra, é um proeminente professor da filosofia oriental para o Ocidente.

Com mais de 40 títulos publicados, seus livros já venderam milhões de cópias em todo o mundo.


Para mais informações sobre o autor, visite o site

www.chopra.com.
============================================================
Outros artigos interessantes do autor:

A alma da liderança
por Camila Micheletti

carreiras.empregos.com.br/comunidades/executivos/fique_por_dentro/211102- expomanagement.shtm

Leia mais:

Expomanagement 2002 reúne pensamento e prática da administração de negócios

http://carreiras.empregos.com.br/comunidades/executivos/fique_por_dentro/211102-expomanagement.shtm
================================

Para Deepak Chopra, sucesso depende de líderes com alma
http://www.gestaodecarreira.com.br/ldp/index.php?option=com_content&task=view&id=288&Itemid=36

Trecho:
"Quem almeja apenas dinheiro e poder fracassa no mais importante".

Mais do que poder, inteligência e visão, o líder precisa ter alma para triunfar no mundo dos negócios do século XXI.

Precisa incorporar no dia-a-dia com seus liderados fortes sentimentos de motivação e deixar de lado ações egocêntricas e de ambição pessoal que, cedo ou tarde, levam ao fracasso.

Na opinião de Deepak Chopra, médico indiano radicado nos Estados Unidos e um dos mais requisitados gurus da atualidade - 27 livros publicados com mais de 10 milhões de cópias vendidas em todo o mundo -, é uma questão de evolução natural.

"Antes, a lei era da sobrevivência dos mais fortes, agora será a dos mais sábios", disse ele ontem, em São Paulo, numa palestra que reuniu pouco menos de 4,5 mil pessoas presentes à ExpoManagement - 2002.